quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

Soraya Keys e a pélvis masculina


Voltando à Soraya Keys, vedeta secundária do Crime do Padre Amado, diz a menina numa dessas lixaradas cor-de-rosa:

-- Não me consigo imaginar na pélvis de um homem.

Mas lá que tentou, tentou: pois se a moça passa o filme a roçar-se e a insinuar-se pelo torso e cintura desnuda do padre Corrula.

E para quê, Soraya, para quê?
Para nada! O padre Corrula usou-te (como estava no guião) mas na hora da verdade, kaput, virou alternativo e ficou-se pelo cónego (Nic Breitner). Essa é que é essa.
E o nosso querido Eça, o maior de todos, dá voltas e mais voltas na tumba, rosnando pragas acertadissimas à choldra que lhe avilta o nome e a obra. Incluindo este vosso servo, naturalmente.


Palma Cavalão

6 comentários:

Luís Graça disse...

Vivemos tempos difíceis.
Na minha infância, as BD's do Alix e do Astérix despertaram-me para a história de Roma e para Robert Graves. Os filmes também me despertavam o interesse literário.
Mas hoje deve haver muitos poucos jovens com vontade de ler "O crime do Padre Amaro" por causa do filme.
Ou seja, salva-se a Soraya.
E ela merece ser salva.
Quanto a mim, tenho resistido a ir ver o filme, apesar da Soraya.
Bom sinal, não sou tão tarado sexual como pensava.

jorge medeiros disse...

Completamente de acordo consigo Luis Graça! Por muita curiosidade (pronto: tesão) que a Soraya me possa despertar não faço essa maldade ao Eça. Para mim, o Crime do Padre Amaro é uma obra do Eça. Só.

Anónimo disse...

Mas que história é esta do padre Corrula? Não há ninguém com esse nome no Crime do Padre Amaro, nem no livro nem no filme. Alguém pode esclarecer-me? É alguma piada, alguma private joke? É que já tive uma discussão por causa disto e não teve graça

dalhegas disse...

Ó senhor anónimo, o padre Corrula Amado é a junção-corruptela do nome do actor (Jorge Corrula) com o nome do padre propriamente dito.Percebeu?

artur gouveia disse...

Soraya, Soraya... é incrível o que um palmito de cara e um par de mamas bem aviadas podem fazer por uma anónima a quem não se conhece outro talento que não esse -- palmito de cara e par de mamas bem aviadas.
Tristes tempos estes

zeta jones disse...

Boa Artur, de acordo