terça-feira, 31 de janeiro de 2006

Deves tar a brincar!(2)

Veronica Lario reagiu prontamente á indecente promessa feita por Berlusconi ao padre sardo, garantindo que as coisas não são como o marido pensa. A estrela de "Sotto...Sotto" e de "Tenebre" convocou alguns jornalistas para a sua mansão de Portofino para dar conta da sua disponibilidade. Aqui vai um excerto das suas declarações.

- E allora, cosa aspetti? Esse aldraboni pensa que lá por ter a bela idade de 69 anos e raramente conseguir abanar o pífaro, que vou deixar de dar umas bisnagadas? Isso é que era bonito! O porco que pra ver se lambia as tetas a umas secretárias até fez uma plástica com o Ibérico Nogueira, já não arregaça o membro e eu, porca miseria!, que ando sempre com a cafeteira ao lume é que pago as favas?

A reacção de Miriam Rafaella Bartolini, nome verdadeiro da actriz, causou espanto , pois que, ao contrário da sua homóloga britânica Cherie Blair, para além dos seios empinados, costuma ter um comportamento recatado. Noé Monteiro garantiu-nos que "a gaja gosta de dar umas trancadas à florentina* até se esguichar duas vezes". O jornalista acrescentou ainda que Veronica está de olho em Luis M. Cintra, depois de ter assistido ao filme "A Caixa", em que o actor faz de ceguinho. Pouco antes do intervalo da sessão, Veronica terá mesmo exclamado enquanto dava ao dedo:
-Ai figlio, dava-te uma trancada que ficavas logo bom da vista!

Realmente não há crianças más
Padre Américo

*À Florentina - diz-se da cópula em que a mulher segura a pele do pénis do homem, puxando-a para trás, assim a mantendo quer nos movimentos de avanço quer nos de recuo

12 comentários:

Luís Graça disse...

Estamos sempre a aprender. Com que então à florentina...
E isso é mesmo exequível?

António G. disse...

Que categoria de linguagem nos desabafos da Verónica. O P. Américo revela-se um profundo conhecedor das matérias em questão. Abraços e continuem.

Arq. Taveira disse...

A Verónica é uma querida... Eu ia sempre gostar da Verónica...

um fã entre milhões disse...

O Luis Miguel Cintra vai encornar o Berlusconi? Pensava que o gajo não tinha tempo, quer dizer, com as horas que passa nos filmes do chato do Manoel de Oliveira, não lhe deve sobrar tempo para mais nada...

jorge medeiros disse...

O Oliveira chato? -- chato?!? Mas chato como, porquê, a que título, a que propósito, porque carga de água?!?
Chato, estúpido e lento todos os dias é o Prado Coelho! Esse sim, grande e retinta cavalgadura.
Chato, o Oliveira?!? -- chato?!?

Anónimo disse...

Não há crianças más, diz o Américo! vê-se mesmo que nunca passou na zona J, cabrão do padreca

Ana LC disse...

Ó Sr. Padre, os pedófilos como o Pedroso e o Cruz também acham que não há crianças más. Aliás são até boas para comer! Mas o que quero é saber se essa é a linguagem que aprendem nos seminários. É de categoria como disse o António G.

dr. Gino disse...

Cada vez melhor, a Verónica e também o blogue.

mónica disse...

Ana: é claro que este padre Américo não frequentou nenhum seminário a julgar pela facilidade com que lhe escorrega o palavrão. O verdadeiro Padre Américo é deve estar às voltas na tumba, coitado, é muito chato alguém fazer-se passar por ele para escrever ordinarices

Arq. Taveira disse...

Mónica, frequentou algum seminário? sabe se esta não é a linguagem dos aspirantes a padres? Diz-se que se masturbam muito, pelo menos...

Anónimo disse...

Acho a linguagem demasiado vulgar para ter graça. Eleve o nível, se conseguir

arq. Taveira disse...

Acha vulgar? Que pena... Talvez segóvia fosse mais do seu agrado? Ora, foda-se!