terça-feira, 7 de novembro de 2006

Salazar dos pequenitos




Sobre o post da corda [Saddam Hussein], insurgiram-se alguns amigos por ter enfiado Oliveira Salazar numa lista de gente sinistra como o breu. Um deles, facho, disse-me o mesmo que o leitor António: como te atreves?

Claro que atrevo. Salazar foi um ditador e pertence a essa lista por direito e demérito próprio. Não foi um cabrão sanguinário como Stalin, Hitler, Pol Pot? É verdade. Mas foi um ditador. Um ditador tacanho que só um povo resignado e bovino como o nosso podia ter tolerado durante 35 anos. Culpa nossa, em parte.

Salazar? Bom financeiro (indiscutível) numa época desgraçada e pouco mais. Estadista, nunca. Um Estadista pensa grande, vira-se ao Mundo e anda de passo largo. Salazar era tacanho. Estadista foi Churchill. Roosevelt. De Gaulle. Kennedy. Brandt. Estadista é Mandela. Salazar fez definhar um Portugal de pequenitos. E não venham com essa palheta da honestidade e do despojamento que o velho barão irrita-se a sério e responde com Pide, Guerra Colonial e duas ou três gerações inteiras de pobrezinhos mas honrados a quem Salazar criminosamente roubou Mundo, Liberdade, Cultura e Progresso.

Claro que atrevo. De tudo o que sei, li e absorvi sobre Salazar, eis o que retenho da figura: provinciano, bom de contas [como qualquer merceeiro honesto], parcimonioso, poupado, tacanho, desconfiado, sem mundo, sem visão, sem rasgo nem grandeza; falsamente puritano, falsamente beato, falsamente devoto, falsamente iluminado.

E depois, helas!, aquela vozinha enfermiça. E as viagens que nunca fez. E a senhora Maria. E os soldados Portugueses tão bons como os melhores. E os três «F» que eram quatro. E a cobarde pseudo-neutralidade na II Guerra Mundial. E a protecção ao Benfica.

Nem no raio da queda ele conseguiu ser grande: um bate-cu desajeitado e puf.

Salazar, a antítese personificada dos Portugueses de Quinhentos. Sorry Jaime, sorry António.

Estimações

Barão de Lacerda

14 comentários:

Castro da Cola disse...

Oh Barão, sabe que se não fosse o apoio de Salazar o Glorioso não teria ganho duas Taças dos Campeões Europeus (61, 62)... Foram os golos do botas que trouxeram os «canecos».

Anónimo disse...

Meu Ilustre e Estimável Barão

Salazar era tudo o que disse, e também um cabrão de um republicano, se é que me permite a licenciosidade lexical.

Respeitosas estimações



manequim-da-rua-dos-fanqueiros

Anónimo disse...

Caro manequim da rua dos fanqueiros: que interessa para o caso frisar que Salazar era um «cabrão republicano»? Acha que ele podia ser um «cabrão monárquico» tendo a monarquia acabado em 1910?

Anónimo disse...

Estive a ler os comentarios do post da corda. Credo, tantos fascizoides que ainda pululam por ai ...

Sofia

Anónimo disse...

Barão
Que o Salazar foi ditador não se discute. Que fez isto e aquilo também já se sabe e nem oferece discussão. Uns gostam outros nãoe esse é um valor da liberdade: o de se poder discordar. Que haja fascistas e comunistas - ambos perigosos pelas idéias totalitárias que defendem, também faz parte da democracia. Mas Barão, faça melhor as contas: o homem não esteve 50 anos no poder. O senhor acrescenta-lhe mais de 25% em tempo, desde que o tipo chegou a Presidente do Conselho até ao tombo da cadeira. Olhe que isto fica escrito...

O Restaurador Olex disse...

Tem toda a razão, caro anónimo. Acrescentei indevidamente 15 anos ao mando de Salazar, que foi presidente do Conselho de Ministros entre 1932 e 1968. São 35 anos e não 50. Obrigado.

Barão de Lacerda

Anónimo disse...

Essa da protecção ao Benfica só serve para rir. Por acaso não sabe da história do PIDE lagarto que entrou no balneário do árbitro no estádio José de Alvalade e que o ameaçou com uma pistola? Ou que grande parte dos dirigentes do tempo do Salazar eram lagartos, enquanto o próprio Salazar era do Belenenses?

Se não sabe informe-se.

E porque não fala na protecção de Pedro Santana Lopes ao Sporting, com o caso pala de Alvalade? Ou na protecção de Nuno Cardoso, Fernando Gomes e o da Camara Municipal de Maia deram e dão ao FQP? Ou acha que 500 Euros por mês pagam um Centro de Estágio?

Acho que o restaurador Olex lhe deu cabo dos neurónios.

Anónimo disse...

Uma adenda: Não se esquecam desse lagarto que era informador da PIDE e que fugiu para o Brasil a seguir ao 25 de Abril: Artur Agostinho.

E depois o Salazar é que protegia o Benfica. AAHAHAHAHAHAAH

Estou a ver que o Barão é como o Visconde de Alvalade. Falido e se memória.

O Vizinho disse...

meu caro Barão... você tem tomates do tamanho de bolas de basket.
Olhe que meter-sede uma sóvez com fascistas e benfiquistas, é obra!
repare como olampião veio logo apregoar pides lagartos, como se não os houvesse em muito maior número lampiões, e nega os escandalosos favorecimentos do regime ao benfique esquecendo cenas tão ilustrativas como a do seu maior idolo, Eusébio, ter sido desviado do seu destino (SCP) para ingressar no clube de Salazar... a bem da nação, evidentemente!

LaBellaMafia disse...

ora, ora...

vamos lá acalmar os ânimos, é assim tão difícil conviver com o facto do clube Sport Lisboa e Benfica ser o maior de Portugal, este constante complexo de inferioridade é arrepiante.
1º não será o clube um ícone da nação portuguesa pelas conquistas e méritos que alcançou extramuros?
2º não vejo ninguém em Espanha reclamar dos direitos consagrados de clube "galáctico" ao Real de Madrid por ter sido o clube do General Franco e ter beneficiado das mais incríveis e escabrosas armadilhas no mundo do futebol, nomeadamente o caso Di Stéfano que quando comparado com o caso Eusébio, ganha por falta de comparência.
Tenham paciência mas limitem-se a falar das parcas qualidades do "estadista" Salazar e não das suas convicções clubísticas,que deixam muitas dúvidas.

M. Gil disse...

Olá!... esta senhora de nome BellaMafia tem pena lúcida... mesmo quando o assunto é bola dos anos cinquenta/ sessenta!!!
Os meus respeitos!

M. Gil

Anónimo disse...

Esta é para o Baronete e para o vizinho cegueta :

***
Antes do 25 de Abril (40 épocas, com 2 anos sem Taça de Portugal):

SL Benfica – 20 CN e 15 TP… 35 títulos

Sporting CP – 14 CN e 9 TP… 23
títulos


Depois do 25 de Abril (31 épocas):
SL Benfica – 11 CN e 9 TP… 20 títulos

Sporting CP – 4 CN e 4 TP… 8 títulos
*******

Como podem ver pela frieza dos números foi o Sportém que pouco tem conquistado após o 25 de Abril.

CHUPEM A VERDADE CABRÕES!!!!

Anónimo disse...

PS- Ó Vizinho, foi o Salazar que desviou o Eusébio para o SLB? Manda aí as provas. E quanto a "ingressar no clube de Salazar", o Eusébio foi do Belenenses, o clube de quem Slazar era sócio??? Eh pá as coisas que descobrimos graças aos drogaditos do Campo Grande.

Anónimo disse...

deves é ter a mania que és parvo, porque piada não tens...