segunda-feira, 6 de fevereiro de 2006

A Ilha da Fantasia

Pegando no lema de campanha de Cavaco Silva - Portugal Maior -,o governo traça nova e brilhante estratégia para o País, provando que não guarda rancores e está pronto para uma frutuosa cooperação institucional.
Assim, visto que não se afigura fácil retomar a política dos "Descobrimentos", Portugal vai, numa primeira fase, construir ilhas até tomar conta do Atlântico.

Planeada está já a construção de uma ilha a 200m da costa algarvia. A ilha contará com infra-estruturas de alta necessidade como um heli-porto, um campo de golfe, latrinas em metais semi-preciosos(para não oxidarem com a urina vertida), restaurantes de classe internacional, cabarets, baloiços para as crianças, piscinas olímpicas, a par de moradias para habitação social ( a mais acessível custará cerca de 350.000€ ) ou um kartódromo que foi já baptizado com o nome do grande campeão de Fórmula 1, Tiago Lamy-Pires. A comunidade internacional ficou pasmada e apreensiva com a luminosa idéia, entretanto e ao que parece, patenteada pelo ministro Mariano Gato, pois que, de ilha em ilha, Portugal aumentará significativamente a sua ZEE (Zona Económica Exclusiva) e " se estivermos nisso interessados, poderemos mesmo pensar em novo Tratado de Tordesilhas", afirmou ainda o governante.
Instado a pronunciar-se sobre esta iniciativa, enquanto dava mais umas passas num Marlboro que trouxe de Badajoz, onde se deslocou para uma reunião com o safardana Pinante Moura para ver se o engatava a meter a Iberdolar na negociata, Manel Caixão de Pinho disse simplesmente:
- Eu já dei o sinal para duas moradias que é p'ra não ser apanhado com as calças na mão...

Lembrando um antigo tema dos GNR, quero ver Portugal na ZEE!
Ex Toto Corde
O Preto da Casa Africana

3 comentários:

António S. Moura disse...

Isto está incluído no "choque tecnológico" ou é mais um golpe para os do costume meterem a mão na massa? O Cavaco com essa do Portugal Maior é um novo Dom Henrique!

Enapá2005 disse...

Vai ter gajas nuas, as tais do consórcio? Se tiver o Sócrates não deixará o projecto avançar. Por causa do ambiente, entenda-se...

Anónimo disse...

O Pinho é parente do outro? Livra, que tá metido em todas!