sexta-feira, 23 de dezembro de 2005

Pilulas Alzheimer


Serve isto como "aide memoire". Não foi assim há tanto tempo e Lisboa era então uma cidade tranquila onde não aconteciam as barracas de que ninguém fala como sejam as obras do Terreiro do Paço. Arre, que País este com bestas como as que há a (des)governá-lo. Peço humildemente ao Exmo. Senhor Presidente desta trampa, e visto que, salvo discursos romboédricos, não faz nada que préstimo tenha, que condecore a torto e a direito estes trampolineiros para não serem menos que o Comendador larilas Herman José. Aliás o Sr. Presidente desta trampa bem podia interceder para ver se o Paulo Merdoso, desculpai a gralha, Pedroso é que é, recebe uma avultada indemnização. Afinal, como no caso do Pe Frederico, não se sabe se era ele a enrabar os putos ou se os putos, esses malandros, lhe esfurancavam a peida.
Tawny de Mattos

3 comentários:

Artur Garcia disse...

Caro Tawny de Mattos,o sr. que é do mundo do espectáculo diz que o Herman é larilas? Nãosenhor, é inadmissível afirmar tal coisa: esse sacana comendado é, desculpe a franqueza, PANELEIRO. Com todas a letras como vê.
Um abraço

Anónimo disse...

Das obras do Terreiro do Paço não há cabrão de político que se atreva a falar porque estão todos metidos naquela merda até ao pescoço. Pena que em vez de buracos para o metro não sejam buracos de merda para afogar esses filhos da puta todos!

Luís Graça disse...

Esta agora é que doeu mesmo. Ficou o coraçãozinho todo moído de saudades destes bichanos da cor do meu clube (o Sporting, não o Setúbal).