terça-feira, 21 de março de 2006

Da Primavera e seus efeitos...

Num tempo em que os comportamentos juvenis deitam por terra a moral e, consequentemente, os bons costumes, eis que o Dótor José Maria Azevedo Teixeira, presidente do Conselho Directivo da Escola Secundária de Marco de Canavezes, lança uma nota informativa a propósito do começo da Primavera e dos seus nefandos efeitos.
Tex, tal como assina o defensor da pudícia na circular "Informação/Premonição", para além dos seus imaculados valores e de um certo temor dos desmandos que a juventude alterada pela polinização possa cometer, demonstra uma assinalável inclinação para as "Letras" que não podemos desprezar. Atentemos pois, no seu fino recorte literário...

"Com a Primavera surge uma temperatura amena, uma luminosidade intensa, despertam as plantas, folhas e florzinhas, os insectos, as formigas, as abelinhas, toda a Natureza se alegra.
Neste contexto natural, nos jovens e adolescentes despertam também amizades, amores e paixões que os levam a comportamentos teatrais, hollyoodescos, alguns de pura alegria da juventude mas outros, por excessivos ultrapassam os limites do decoro.
Por tudo isto aconselho todos os alunos atingidos pelo Cupido, sofrendo de paixão fulminante que, por respeito por si próprio, pelo outro, e por todos nós, que evitem ultrapassar a fronteira do pudor e do decoro, mesmo do Regulamento Interno.
Peço a todos Brads Pitts e Angelinas Jolies que evitem manifestações de amor demasiado cinematográficos, perante as multidões, comportamentos só aceitáveis na paz do Senhor."

Ora, com esta iniciativa pode o Marco estar tranquilo. Esta aprazível localidade, onde nasceu a inimitável Carmem Miranda e onde Avelino Ferreira Torres alegadamente, como agora se diz, terá abusado do poder, verá que os jovens e concupiscentes faunos bem como as púberes e libertinas meninas se dedicarão, a partir desta Primavera, a actividades bem mais de acordo com um elevado padrão moral do que a foderem desenfreadamente nos intervalos das aulas.

Podemos assim manter a confiante noção de que não há rapazes maus
Padre Américo

NR.:Agradeço ao jovem ilustrador Toulouse-Lautrec a sua prestimosa colaboração

6 comentários:

isabelinha disse...

Sr. Padre Américo
Felizmente que ainda há gente como o tal Tex e o senhor para meter a juventude nos eixos. O senhor também confessa? É que eu precisava.

k.Mad dos Cornos disse...

Caraças que em Marco de Canavezes deve ser uma Primavera baril! Maldito conselho directivo que quer que os putos fiquem com dores nos tomates por não saltarem para cima das coleguinhas! Abaixo o Marco de Canavezes!

sofia R disse...

Padre Américo É muito bom saber que podemos contar consigo para fazer ver que o sexo não é tudo na vida e que devemos respeitar o pudor. Vou meter-me na bicha para as confissões. Um rande beijinho da S

dr.Gino disse...

Na minha opinião cliníca digo que isto é um importante passo na prevenção de doenças venéreas.

Avelino Torress disse...

Abaixo o Marco! Para a 3ª já!

l f martins disse...

O Tex é muito mas muito bom!